Se tiveres um “terramoto” na tua vida. O que fazer?

Conta-se que depois de acontecer o sismo de Lisboa (1755), o Rei D. José I perguntou ao seu General o que se iria de fazer.

 Ele respondeu ao Rei: “Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos!”.

 Esta resposta simples, muito espontânea e direta tem uma lição!

 Durante a nossa vida, sofremos muitos “terramotos, como o de Lisboa no século XVIII”.

 A desgraça, por vezes, é tão grande que perdemos a capacidade de raciocinar de forma simples, objetiva.

 Como todos estamos sujeitos a “terramotos” na vida. O que devemos fazer? Seguir a sugestão do General: “Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos”.

 O que significa realmente:

Sepultar os mortos: Quer dizer que não adianta ficar queixarmo-nos e a chorar o passado. É preciso “enterrar” o passado, esquecê-lo.

 Cuidar dos vivos: Quer dizer que temos que cuidar do presente, tomar conta do que ficou vivo, aquilo que ainda existe. Fazer o que tiver que ser feito para salvar o que restou do terramoto.

 Fechar os portos: Quer dizer que não devemos deixar as “portas” abertas para que novos problemas apareçam, enquanto cuidamos dos vivos e salvamos o que restou do “terramoto” na nossa vida.

 Por vezes a história é ” mestre da vida”.

Sempre que encontrares dificuldades e obstáculos na tua vida (terramotos), lembra-te:

“Sepultar os mortos, cuidar dos vivos e fechar os portos!”

 Fonte: Recebido por email, autor desconhecido.

 +

Tem um Dia fantástico. Diverte-te!

About Jorge Duarte da Silva

” Mudar o mundo, ajudando cada um individualmente a mudar a forma como o vê! “

Posted on 2012/04/23, in Liderança, Motivador Pessoal and tagged , , , , , . Bookmark the permalink. 6 comentários.

  1. Reblogged this on NeuroCrescimento and commented:

    Se tiveres um “terramoto” na tua vida. O que fazer?
    Conta-se que depois de acontecer o sismo de Lisboa (1755), o Rei D. José I perguntou ao seu General o que se iria de fazer.

    Ele respondeu ao Rei:

  1. Pingback: E se as tuas preocupações fossem uma mão cheia de sal ? | Neurocrescimento

  2. Pingback: E se os teus problemas forem “feijões” nos sapatos. O que fazes? « NeuroCrescimento

  3. Pingback: Gostas de ajudar ou ser ajudado. Cuidado! « NeuroCrescimento

  4. Pingback: Conduzes a tua vida pelo retrovisor? | NeuroCrescimento

  5. Pingback: Deparas-te com um “terramoto” na tua vida. O que fazer? | NeuroCrescimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: