O poder do “Orgulhoso”!

Havia uma localidade na China, onde havia um sábio ancião que decidia questões conjugais.

Era ele quem abençoava os casais que se queriam unir e orientava os que estavam a desentender-se, dizendo-lhes se deveriam ou não separar-se.
Certa vez, o ancião foi procurado por dois jovens que tinha abençoado à alguns anos e que agora falavam em separação. O sábio, percebeu que os dois se amavam, não viu motivo para que desfizessem a união, mas não conseguia convencê-los disso. Então, presenteou-os com uma planta e disse:
— Esta é uma planta muito sensível. Vocês devem deixá-la na sala e, quando ela morrer, poderão separar-se.
Assim foi feito: o casal colocou a planta no centro da sala e ficou aguardando “ansiosamente” a sua morte.
Numa madrugada, encontraram-se na sala com os regadores em na mão, cuidando da planta. Naquele dia, amaram-se como nunca.
A planta sensível era, na verdade, a relação dos dois. O amor era forte o suficiente a ponto de acordá-los em plena madrugada. Mas então o que estava a ameaçar aquela união? O orgulho.

Fonte: Recebido por Email.

Muitas vezes, este é um problema que acontece connosco no dia-a-dia, nas mais variadas situações. Neste exemplo acontece com um casal, uma relação conjugal, mas poderia muito bem ser entre cliente e fornecedor, uma relação comercial, onde acredito que se percam clientes pela mesma razão, ou entre pais e filhos, muitos de nós conhecemos algum exemplo de pais e filhos que passaram anos sem se falar e com desejo enorme de ambas as partes de voltar a falar. Imaginem o tempo desperdiçado e o valor perdido, só pelo Orgulho.

Muitas vezes temos medo de assumir algo que correu menos bem e tentar pedir perdão, para dessa forma reatar as relações, aproveitando todo o tempo. Aquele tempo que não aproveitamos jamais nos será restituído.

Artigos relacionados:

Quem é mais forte: o sol ou o vento ?

E se todos os dias pudesses gastar 86400 ?

Gostas de “imitar” os outros ?

“Raiva” – Deixa o barro secar!

Se recebes um presente de “insultos”que fazes?

Tolerante ou “olho por olho” ?

Parábola da tábua e dos pregos

+

Tem um dia fantástico. Diverte-te!

About Jorge Duarte da Silva

” Mudar o mundo, ajudando cada um individualmente a mudar a forma como o vê! “

Posted on 2012/09/24, in Liderança, Marketing Pessoal, Motivador Pessoal, Motivador Profissional and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. 8 comentários.

  1. Sabem qual é o meu maior orgulho?
    Nãa sabem certamente, mas faço questão de o partilhar depois de ter lido este post: Orgulho-me de pedir perdão inúmeras vezes, pelas minhas falhas enquanto pessoa…E sabem que mais? Não me recordo de um dia ter perdido uma relação, seja qual for a sua natureza!!! Muito pelo contrário, fortaleço-as.

    Este é o meu maior orgulho!

  1. Pingback: Conheces um dos segredos do sucesso? | NeuroCrescimento

  2. Pingback: Usas toda a tua capacidade? Acho que não! | NeuroCrescimento

  3. Pingback: Perdoar para construir pontes! | NeuroCrescimento

  4. Pingback: Voar juntos sim, mas nunca amarrados! (2) | NeuroCrescimento

  5. Pingback: ESPECIAL: A vida é feita de Espinhos, Rega e Flores! | NeuroCrescimento

  6. Pingback: Voar juntos sim, mas nunca amarrados! (23A) | NeuroCrescimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: