O que levar na viagem….

Um homem, tinha que fazer uma longa viagem, preparou- se com o que melhor lhe convinha. Tinha um longo caminho pela frente, e nessa caminhada, enfrentaria muito sol, muita chuva, muito frio, enfim, inúmeros obstáculos. Mas achava que nada poderia detê-lo.
Para a sua caminhada, comprou calçado, roupa, chapéu, e tudo o que achava necessário, tudo novo.

Pensou no seu destino e em tudo de valor que possuía ou achava possuir. Abriu a a mochila, e nela colocou todos os seus valores, calçado, roupa, chapéu, achando que se não os usasse no seu dia-a-dia, no final, teria tudo ao seu dispor, quando quisesse. E novo.

Colocou tudo às costas, e partiu. Após vários caminhos percorridos, viu-se cansado e não conseguia mais continuar. Estava exausto. O peso às suas costas, com o seu tesouro, já lhe era insuportável. Os seus pés, rachados e sangrando, seu corpo surrado, machucado e frágil, sua cabeça ferida e seu pensamento, sem direção. Olhou para os seus pés e para seu calçado. O sapato continuava novo, e seus pés, acabados. Tirou a sua roupa nova e tocou o seu corpo velho e dolorido. Levantou o chapéu novo, e tentou colocá-lo na sua cabeça inchada. Faltava muito para chegar, e tudo que possuía, novo, tal como preservou, de nada lhe servia agora.

Pensou em abandonar tudo.

Em silêncio, e pela primeira vez, concluiu que se tivesse utilizado o seu calçado, ele estaria velho, mas os seus pés  doridos apenas. Se se tivesse vestido, a sua roupa estaria rota, mas, seu corpo não estaria machucado, cansado e sujo. Se tivesse usado o seu chapéu velho, ele estaria com suas abas caídas, mas a sua cabeça não estaria por estourar com dor.

Refletiu, e reconheceu que ali estavam os seus verdadeiros amigos, para servi-lo, a qualquer momento, porém tentando preservá-los, não permitiu que eles participassem na sua vida.

Fonte: Recebido por email. Autor desconhecido.

Devemos lembrar-nos sempre da verdadeira função dos nossos velhos amigos. A “viagem” significa o nosso percurso de vida, devemos estar com os nossos “velhos” amigo. Durante essa viagem, sempre que decidirmos fazer algo de novo devem ser eles os primeiros a ajudar-nos, e não procurar novos amigos para nos ajudar pois esses não nos conhecem nem nós a eles. O mais certo é que nos façam sofrer mais, tal como as roupas novas, ao invés de nos ajudar a aliviar a dor. E podem sempre, quando terminar uma etapa,  festejar  todos juntos.

Artigos relacionados:

Sabes na verdade o “peso” que carregas?

Sabes o que podes comprar ?

E se vivesses dentro de um AQUÁRIO?

5 principais arrependimentos antes de morrer

+

Tem um dia fantástico. Diverte-te!

About Jorge Duarte da Silva

” Mudar o mundo, ajudando cada um individualmente a mudar a forma como o vê! “

Posted on 2012/10/01, in Motivador Pessoal and tagged , , , , . Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. Os amigos são para “usar e abusar” (no bom sentido da palavra), em qualquer momento da vida…É por isso que enchemos o peito quando no referimos a eles como: AMIGOS!

  1. Pingback: Um verdadeiro amigo! « NeuroCrescimento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: