Usas toda a tua capacidade? Acho que não!

Mão_ajuda_força_potencial_capacidadeUm menino brincava no parque de areia da praça numa manhã de sábado. Tinha com ele os carrinhos e camiões, balde plástico e uma pá vermelha brilhante.No processo de criar estradas e túneis na areia macia, ele descobriu uma pedra grande no meio do parque de areia. O menino cavou em redor da pedra, conseguindo desalojar a sujeira.
Com muito esforço, usando as mãos, os pés e em todas as posições possíveis, ele conseguiu empurrar a pedra através do parque de areia. Era um menino muito pequeno e a pedra, para ele, era enorme. Quando o menino alcançou a borda do parque de areia, ele descobriu que mais difícil ainda ia ser passar a pedra sobre a pequena parede.
Determinado, o menino empurrou, empurrou e empurrou, lutou, empurrou, mas sua única recompensa era ter a pedra de volta, a esmagar os seus dedinhos rechonchudos. Finalmente caiu em lágrimas de frustração.
Durante todo este tempo, o seu pai o observava da janela, aguardando o desenvolvimento de tudo. No momento em que as lágrimas caíram, uma sombra grande caiu sobre o menino. Era o seu pai.
Suavemente mas com firmeza, ele disse:
– Filho, porque não usaste toda a força que tinhas disponível? Derrotado, o menino respondeu:
– Mas eu usei, pai! Usei toda a força que eu tinha!
– Não usaste não, meu filho! Corrigiu o pai bondosamente. – Tu não usaste toda a força que tinhas, pois não me pediste ajuda.
O pai do menino baixou-se, agarrou a pedra e retirou-a do parque de areia.

Fonte: Recebido por Email. Autor desconhecido!

Desde que nascemos vamos crescendo, contando sempre com a ajuda de alguém:
– Aprender a comer
– Aprender a andar
– Aprender a nadar
-….
Com tempo a passar, começamos a ganhar a nossa independência, achando que já sabemos tudo, e tudo podemos fazer, ignorando que podemos sempre contar com a ajuda dos outros, seja por esquecimento ou orgulho. Durante toda a nossa vida, poderemos sempre aprender coisas novas e novas técnicas, para determinada tarefa.

A nível profissional por vezes as coisas funcionam ainda de forma mais restritiva, temos medo de mostrar as nossas dificuldades, com medo de represálias ou do sentimento de inferioridade, tornando a nossa aprendizagem, eficiência e eficácia mais demorada.

A minha sugestão vai no sentido que procures alguém que possa ser teu mentor, que significa ser conselheiro, ou apenas uma pessoa que inspira outras.

As pessoas têm vergonha em dizer que querem melhorar o que são  e pedir ajuda nesse sentido. Todos temos coisas menos boas, mas também qualidades, e não há mal nenhum em pedir ajuda.

O filósofo Pierre Lévy disse “Ninguém sabe tudo, e todos sabemos alguma coisa!”

Artigos relacionados:

Quem te ajuda a fazer o teu “caminho”?

Gostas de ajudar ou ser ajudado. Cuidado!

Ajudar os outros, ajudando-te a ti!

Um verdadeiro amigo!

O Rato que salvou o Leão !

Sabes voar como um “Ganso” ?

O poder do “Orgulhoso”!

+

Tem um dia potente. Diverte-te!

About Jorge Duarte da Silva

” Mudar o mundo, ajudando cada um individualmente a mudar a forma como o vê! “

Posted on 2013/04/16, in Motivador Pessoal and tagged , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 7 comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: