Bomba de Água ! Confiança, persistência e partilha!

water-1329546Contam que certo homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede.

Foi quando ele chegou a uma casinha velha – uma cabana desmoronando, sem janelas, sem teto, batida do tempo. O homem perambulou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do sol desértico. Olhando ao redor, viu uma bomba a cinco metros de distancia, uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até ali, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu.

Desapontado, caiu prostrado, para trás. E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: “Você precisa primeiro preparar a bomba com toda a água desta garrafa, meu amigo”. PS:  Faça o favor de encher a garrafa outra vez, antes de partir.

O homem arrancou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. A garrafa estava quase cheia de água. De repente, ele se viu num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver. Mas se despejasse toda aquela água na bomba enferrujada, talvez obtivesse água fresca, bem fria, lá do fundo do poço, toda água que quisesse. Ou talvez não. Que deveria fazer? Despejar a água na velha bomba e esperar vir a ter água fresca, fria, ou beber a água da velha garrafa e desprezar a mensagem? Deveria perder toda aquela água, na esperança daquelas instruções pouco confiáveis, escritas não se sabe quando? Com relutância o homem despejou toda a água na bomba. Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear e a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. E nada aconteceu! E a bomba foi rangendo e chiando. Então, surgiu um fiozinho de água; depois, um pequeno fluxo e finalmente, a água jorrou com abundância.Para grande alívio do homem, a bomba velha fez jorrar água fresca, cristalina. Ele encheu a garrafa e bebeu dela, ansiosamente. Encheu-a outra vez e tornou a beber seu conteúdo refrescante.

Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante. Encheu-a ate o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota:

– “Creia-me, funciona. Você precisa dar toda a água, antes de poder obtê-la de volta”.

Fonte:  Recebido por email. Pesquisada: Do livro Insight – Daniel C. luz

Uma história que representa muitas vezes o que se passa no nosso dia a dia, de que forma estamos a viver e a preparar a vida para os que virão depois de nós, a forma como respeitamos os outros e os outros nos respeitam.

O que devemos aprender:

  • Evitar ” bombear” em vão,  por vezes esforçar-nos em vão , é necessário parar reflectir e ver o que estamos a fazer.
  • Devemos insistir e persistir, sabendo o caminho para onde queremos ir, e fazendo as coisas certas, os resultados aparecerão. Tal como a água.
  • Partilhar, lembra-te: Só podes obter água se a deres antes, a vida devolve o que envias.

Artigos relacionado:

Sabes o caminho a seguir? Não. Então qualquer um serve!

Insiste, Persiste e nunca desistas!

Pessimista, Otimista ou Sábio?

A vida é como o ECO, devolve o que enviamos!

+

Tem um dia fantástico. Diverte-te!

About Jorge Duarte da Silva

” Mudar o mundo, ajudando cada um individualmente a mudar a forma como o vê! “

Posted on 2016/01/26, in Liderança, Motivador Pessoal and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 1 Comentário.

  1. Fernando Brites

    Bela mensagem. Pois é dando que se recebe. Não vale a pena querer o mundo,
    quando não somos capazes de aceitar o dia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: